Como?

como?

COMO NÃO SENTIR SUA FALTA MAIS? É como se todas as rosas do verão nesse momento se transformassem em jasmins. Não é ruim, mas não é aquilo que queremos.

COMO ESQUECER ESSE MOMENTO QUE AINDA NÃO PASSOU? Dizem que as rosas só nascem ontem, e que os lírios, crescem amanhã. É uma questão de tempo, não de espaço.

E COMO IREI EU SUPERAR ISSO NESTE TÃO VASTO MOMENTO. DIGA-ME, ESTOU SEM ESPERANÇAS. Como achar que tudo isso possa passar, se nem certeza eu tenho se isso realmente passou, ou passará?

COMO ESPERAR QUE AS CALÇAS DO ANTIGO INVERNO CAIBAM, se as meias desse verão está apertadas. Tudo é uma questão de jeito, não de espaço. Como esperar alguém que diz adeus mas nem partiu ainda, como esperar o amanhã, se o hoje ainda nem chegou, ou partiu.

COMO ESPERAR QUE O MEL SEJA TÃO DOCE, se você nesse momento está tão amargo. Tudo é uma questão de tempo, não de espaço. Como querer que o vento frio do inverno passe agora nesse tão quente verão. Você há de concordar comigo, não me venha com desculpas.

COMO ESPERAR QUE O AMANHÃ SEJA HOJE, E O HOJE AMANHÃ? Se eu nem sei realmente o que está acontecendo agora, é uma mistura de pensamentos e vontades que fazem a minha cabeça girar, o que estará meu Deus acontecendo agora?

Mistério

Isso pode estar te cercando, te secando, rodeando você, te mirando, perseguindo, seguindo, medindo, fugindo.  Você está correndo, voando, não pode, não consegue escapar, é impossível, você está todo momento junto e separado dele, não pode fugir.

Existe aflição, existe medo, vontade de fugir, vontade de ficar, você não entende, é uma coisa maluca. Está rodando, voando, transformando, nascendo. O mistério nunca para de afligir as almas dos culpados, isso mata, cura, transforma.

Você tenta, não consegue, vai, volta, muda, nasce, transforma, não é, quem é, ninguém é, não existe, não é real. Mentiras, palavras, abraços, beijos, tempos felizes, apagões, não me deixe, esqueça, me deixe. Violência, cura, amor, dor, palavras doces, mentiras, realidade, qual é a realidade, não existe, a verdade, odeio a verdade, ela foi embora.

Não desista, nunca

Não sei se alguém estranhou mas ontem eu só postei 1 post. O motivo é que eu realmente estava pensando em excluir o blog, muita matéria na escola, quase sem tempo livre e tals…. Mas não! Não desisto e já tenho alguns leitores queridos (obrigada!) .

Não sei se já aconteceu com vocês de querer deixar tudo para lá só por que não está dando certo ou o resultado ainda não é um dos melhores, mas comigo já , e foi por isso que eu já criei uns 6 ou 7 blogs desde a minha existecia aqui. Mas com esse será diferente, estou dedicando mais tempo e minha fé nele, por que sim, ele irá dar certo!

Só quero agradecer a você que visita o blog e está gostando! Mais posts saindo do forno! Obrigada genthy! Beijos